Araxá – MG

Depois de muito tempo planejando, eu e mais três amigas conseguimos tirar do papel nosso final de semana em Araxá -MG, cidade natal de uma delas. Aproveitamos o feriado e fomos no intuito conhecer alguns pontos turísticos e provar as comidas da mãe da Gabi, quase igualmente famosas, hahaha. Conseguimos uma carona, jeito mais fácil de economizar dinheiro na estrada, e chegamos lá por volta do meio dia. Extremamente bem recebidas com uma parmegiana, descansamos um pouco e fomos conhecer o Barreiro, a grande atração de lá.

IMG_20160323_170102

Não muito longe da cidade, este parque é composto pelo Grande Hotel, uma construção enorme e luxuosa que, apesar de um pouco mal conservada atualmente, é uma atração por si só, sendo possível fazer um tour por toda sua estrutura. Rica em atividades para quem decide ficar hospedado, os banhos e massagens são o carro chefe, mas também há opções ao ar livre como trilhas ecológicas, pescaria, passeios de bicicleta, caiaque, stand up e até arco e flecha. Além dos lagos que proporcionam um visual lindo, com várias aves soltas por ali, o complexo conta ainda com as fontes de águas sulfurosas, que dizem ter propriedades curativas. Uma delas nomeada Dona Beija, a qual cede o nome também para um Museu fora do parque, cheio de peças e mobiliário do século XIX que vale a pena ser visitado.

PSX_20160410_130320

No dia seguinte fomos conhecer o Horizonte Perdido, que originalmente era uma fazenda, mas foi descoberta pelos praticantes de vôo livre que a elegeram como ideal para a prática do esporte. É localizada numa altitude de 1350m, tornando a vista indescritível! O local possui dois restaurantes bem aconchegantes, construídos de madeira e com uma vista panorâmica de toda aquela natureza. Servem comida típica mineira e, como não podia ser diferente, os doces caseiros são um espetáculo a parte. Porém, o que realmente chama a atenção nesse lugar, apesar de toda a infraestrutura, é a paisagem repleta de verde, o vento manso, o silêncio dentro e fora da mente, trazendo uma paz tão grande que te faz não querer ir embora. O bucolismo e a serenidade tiram o fôlego, não se pode deixar de conhecer.

IMG_20160324_194931

Quanto a noite, fomos em um dos muitos restaurantes japoneses que existem na cidade, o Sushi , simples e delicioso. Depois, terminamos em um bar e restaurante chamado Bossa Nova, com o estilo mesas na calçada e boas caipirinhas. No dia estava acontecendo um festival de massas e o cheiro era maravilhoso! Pena que não chegamos a experimentar. De maneira geral, a cidade é bastante democrática, oferecendo inúmeras opções de culinária e bom som para finalizar os dias cheios de natureza e história.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s